3 temas para estudar para o ENEM em 2018
12 JUN 2018
eliseus

Criado há 20 anos, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é composto por 180 questões de múltipla escolha, além de uma redação, que deve ser escrita no gênero dissertativo. A proposta normalmente parte de assuntos relevantes para a sociedade brasileira.

Alcançar uma boa pontuação no texto influi decisivamente na nota final, abrindo uma vantagem importante sobre outros concorrentes. Pensando nisso, nós fizemos uma seleção de temas para estudar para o ENEM em 2018 quando o assunto é redação:

1. Trabalho Escravo

A proposta aqui não é relembrar os livros de História, quando o povo africano foi trazido para o Brasil lotando os navios negreiros. Mas sim de discutir a prática de trabalho escravo nos dias atuais ou em situações análogas.

É crescente o número de denúncias contra grandes empresas, que utilizam a mão de obra escrava ou em condições equivalentes, mesmo que indiretamente. Para se ter ideia da gravidade do problema, levantamento feito pelo portal G1 aponta que 14% dos trabalhadores resgatados no país nos últimos dois anos possuíam restrições de liberdade.

Nesse sentido, o Exame Nacional do Ensino Médio também pode debater a recente tentativa do governo para flexibilizar as políticas de combate a essa prática, bem como as sanções que são aplicadas aos infratores.

2. Violência Escolar

Se há uma característica que se destaca nas propostas de redação é o convite para que o aluno reflita sobre sua própria realidade. Por isso, é natural que as manifestações de violência no ambiente escolar figurem na nossa lista.

Nesse contexto, há duas modalidades que podem ser trabalhadas: a primeira é a discussão sobre o bullying, prática na qual um aluno é discriminado por conta de uma característica física ou comportamental que destoa do resto da turma; a segunda é abordar os casos de agressão contra os profissionais da educação, que têm crescido assustadoramente, os números impressionam.

Em estudo divulgado no ano passado, no qual foram entrevistados profissionais de 34 países, o Brasil ocupou a liderança do ranking de violência contra professores. Mais de 22 mil educadores foram ameaçados, ao passo que 4 mil chegaram a sofrer algum atentado.

3. Refugiados de Guerra

Se não for a base para a proposta de redação, a difícil situação dos refugiados de guerra provavelmente será abordada em uma das questões. Números divulgados pelas Organizações das Nações Unidas revelam que o número de pessoas que foi obrigada a deixar suas casas – e vidas – para trás já ultrapassou os 65 milhões.

Nesse contexto, a redação pode discutir as oportunidades que são oferecidas a essas pessoas nos países que as recebem: será que elas conseguem, de fato, recomeçar a vida em condições dignas?

Embora os brasileiros sejam reconhecidos mundialmente como um povo acolhedor, há registros de casos em que imigrantes sírios foram hostilizados no Rio de Janeiro enquanto vendiam produtos para sobreviver.

Ficou curioso para saber quais os assuntos que mais caem no ENEM? Curta nossa página no Facebook para receber várias dicas que ensinam a como se preparar para o ENEM.

Compartilhar:
  • VOLTAR

    FAÇA SEU COMENTÁRIO

    CATEGORIAS
    TAG
    RECENTES