A disputa pelo Hexa começou! Saiba como foi a Copa Elite do Fundamental I
30 MAIO 2018
eliseus

Sábado de sol e céu azul, esporte e família: existe algo melhor? Assim foi a Copa Elite dos alunos do Ensino Fundamental I no último sábado, dia 26 de maio.

Começamos, oficialmente, a nossa disputa rumo ao Hexa no maior evento esportivo de um colégio do Rio de Janeiro.

Entre as atividades realizadas pelas nossas crianças, tínhamos: uma atividade obrigatória da turma, uma livre (mínimo) com os colegas e outra livre (mínimo) com amigos externos ou responsáveis. As atividades obrigatórias eram: Guerra com bolas (1º e 2º ano), Pique-bandeira (3º ano), Queimado (4º ano) e Dodgeball (5º ano).

A prática desses esportes começa nas aulas de Educação Física, que é de extrema importância, segundo o nosso professor da disciplina Marcus Vinícius Cataldi, por “fomentar a atividade física na vida das pessoas, estimular o desenvolvimento da relação interpessoal e promover e incentivar o esporte para possíveis valores e talentos desportistas”.

Os responsáveis dos nossos estudantes marcaram presença e vestiram, literalmente, a camisa conforme as cores das equipes dos pequenos – Bravura, Garra, Foco e Sabedoria. Essa união faz toda a diferença no desenvolvimento dos nossos alunos!

Durante o evento, conversamos com uma das mães presentes. Helaíne Mello, tem três filhos e todos já participaram da Copa Elite. O mais velho, com 18 anos, participou por 7 anos em antigas edições. Atualmente, com as duas filhas mais novas, Ana Beatriz e Mariana, no Ensino Fundamental I, Helaíne nos contou um pouquinho sobre o momento:

“Para mim é um momento único, é um dia que eu reservo totalmente para elas duas. A família na educação é 100%, é o ir e vir, a família tem que estar presente no trabalho, no lar… Eu participo muito, adoro ser mãe! E o esporte é o desenvolvimento, é interagir, trabalhar em equipe, ajuda em sala de aula a saber respeitar o amigo e é isso!” (Helaíne Mello)

E sua filha, Ana Beatriz, que participa pela segunda vez da Copa Elite, estava ansiosa pelo resultado da sua equipe nessa edição. No ano passado, ela foi campeã e nos contou qual foi a sensação:

“Ano passado o time amarelo foi o campeão. Quando a gente ouviu o nome do nosso time sendo anunciado a gente entrou numa alegria… A gente começou a pular, foi uma gritaria só!” (Ana Beatriz, aluna do 5º ano da unidade Vila Valqueire)

Mas não parou por aí… O espaço para a troca de figurinhas também foi um sucesso! Nossos alunos chegaram ainda mais perto de colecionar o álbum da Copa do Mundo FIFA de 2018.

Ficamos felizes em propiciar um momento de tanta felicidade e de união entre alunos, famílias e equipe pedagógica. Até a próxima!

 

LEIA TAMBÉM

Vôlei do Elite garante vaga no Mundial Escolar que acontecerá na República Tcheca

Mérito, garra e reconhecimento: confira o que rolou no Orgulho do Elite 2018

Ex-aluna e atleta Bruna Alves conquista vaga em universidade nos Estados Unidos

Coragem: o valor que nos ajuda a alcançar a vitória

Compartilhar:
  • VOLTAR

    FAÇA SEU COMENTÁRIO

    CATEGORIAS
    TAG
    RECENTES