Pular para o conteúdo

Blog


Últimos Posts:



Seu filho está no tempo certo? Conheça as habilidades esperadas em cada fase

Dentro da prática de leitura e escrita, algumas frases rotineiras só demonstram o quanto as famílias se sentem ansiosas para que o mundo letrado chegue, o mais rápido possível, às crianças. Comentários como “o meu filho aprendeu a ler aos quatro anos”; “minha filha conta até dez desde os dois anos de idade”; e “meu filho já consegue ler palavras como bola e banana” costumam iniciar as comparações entre os pequenos, dando início a um processo que deveria, na verdade, ser focado na qualidade. São muitas as etapas pelas quais as crianças devem passar antes de estarem preparadas e com maturidade para o universo escrito. Não é necessário apenas ler e escrever, mas também muita criatividade e entendimento do mundo como um todo – repleto de significados – para a compreensão do que se está lendo e/ou escrevendo. De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), há um caminho a ser trilhado, respeitando as etapas de maturação – cognitiva ou motora – , para que a criança seja capaz de se tornar uma leitora/escritora com desenvoltura e autonomia. Sendo assim, é importante que sejam cumpridas as seguintes etapas: Até três anos Até três anos, é preciso estimular a observação e a percepção de mundo por meio de expressões, recursos vocais com entonação e movimentos corporais para que a criança possa se expressar e demonstrar emoções dentro das próprias limitações. Nesse período, eles precisam adquirir um vocabulário que será aprimorado ao longo das demais fases. De três a cinco anos De três a cinco anos, as […]

Construindo um ambiente de leitura em casa

O estímulo à criatividade e ao entendimento de mundo são fundamentais no processo de aquisição da prática de leitura e escrita na primeira infância. Afinal, é isso que ajudará a criança a desenvolver as competências e habilidades que a tornarão capazes de ler, escrever, entender e refletir sobre aquilo que está produzindo. Ao contrário do que muitos pensam, para que a leitura e a escrita se tornem um hábito no dia a dia das crianças, é importante que esses estímulos ultrapassem as paredes da escola. Isso porque quanto mais envolvida a criança estiver com a leitura, mais ela se sentirá preparada em seu processo de desenvolvimento. Para ajudá-lo a incentivar a leitura dos seus filhos, separamos algumas boas dicas que se aplicam a diferentes idades: Separe um lugar que a criança goste de frequentar para ser o ambiente de leitura. Mantenha esse espaço limpo, arejado e tranquilo. Todos da família devem ter um momento dedicado à leitura – juntos ou separados. O exemplo é fundamental para uma criança. Não é necessário que haja um momento fixo, mas é importante que a leitura seja rotineira para todos. Promova um momento para compartilhar as curiosidades da sua leitura com empolgação e faça comentários entusiasmados sobre o que vocês estão lendo. Converse sobre uma música e lance desafios sobre um tema.   Aprenda brincando: recursos que contribuem na alfabetização Como já comentamos, o desenvolvimento da prática de leitura e escrita é uma técnica construída ao longo dos anos, por meio de um processo que engloba diferentes etapas de maturação. […]



Preparação completa: como trabalhar corpo e mente para concursos militares

Seguir carreira dentro das Forças Armadas é o sonho de centenas de estudantes que buscam servir à Pátria, obter estabilidade e desfrutar de diversos benefícios. Os concursos militares, anunciados anualmente, costumam ser bastante concorridos e exigem um alto nível de preparação dos candidatos, que devem dominar os conteúdos listados no edital. Para obter sucesso no processo seletivo, no entanto, não basta dominar a teoria: é necessário também controlar a ansiedade e ter preparo físico para encarar as demais fases de seleção. Pensando na exigência de uma preparação completa, que abarque também o corpo e a mente, a gerente do segmento militar do Elite Rede de Ensino, Camila Andrade, listou 10 dicas fundamentais para os estudantes. Confira!   Acredite! Antes de mais nada, você precisa acreditar em si mesmo e em seu potencial! Trabalhe diariamente sua autoconfiança e aprenda a dominar a sua mente. Trabalhe o corpo e a mente em conjunto Alimentação balanceada, prática de atividades físicas e uma boa noite de sono são essenciais para melhorar o rendimento dos estudos. É comum que, com o nervosismo, surja o desejo de estudar de madrugada, trocando o dia pela noite, mas não faça isso! O sono é muito importante para a consolidação da aprendizagem. Durma sempre cerca de 7 horas por noite. Matéria vista é matéria estudada Revise o conteúdo visto em sala no mesmo dia. A nossa memória precisa de estímulos constantes para manter-se ativa. Revisar a matéria constantemente faz com que as explicações das aulas sejam lembradas com facilidade. Monte um horário de estudos equilibrado […]