Mulheres na EsPCEx? Tem sim senhor!
08 JUN 2018
eliseus

Quem foi que disse que o Exército é só para os homens? Também há espaço para mulheres na EsPCEx e, se esse é o seu sonho, este post ajudará a conquistá-lo!

A Escola Preparatória de Cadetes do Exército é uma instituição que atrai a atenção de muitos estudantes brasileiros que almejam a carreira militar. E, como haveria de ser, a concorrência é forte e o nível de exigências muito alto.

Por isso, fizemos este post para apresentar o curso preparatório EsPCEx para jovens mulheres que querem vencer esse desafio. Esse é o seu caso? Então continue a leitura!

O que é a EsPCEx?

EsPCEx é a sigla para Escola Preparatória de Cadetes do Exército, uma instituição que, há décadas, prepara jovens brasileiros para ingressar e seguir carreira como militares de uma das três Forças Armadas do País.

A escola realiza concurso anual destinado a brasileiros de ambos os sexos com idade entre 17 e 22 anos, que estejam cursando ou tenham concluído o 3° ano do Ensino Médio.

Quem consegue aprovação ― e isso vale tanto para os homens quanto para as mulheres na EsPCEx ― passa por um período de adaptação e, concluindo com êxito o treinamento que dura cerca de um ano, passa a cursar o bacharelado na Academia Militar das Forças Armadas (AMAN). Nessa etapa, as cadetes podem escolher entre Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações, do Quadro de Material Bélico e do Serviço de Intendência.

A presença de mulheres na EsPCEx

Por muito tempo, a EsPCEx formou apenas homens. Em 2017, porém, a escola abriu sua primeira turma feminina de aspirantes à linha bélica do Exército Brasileiro. A mudança aconteceu graças à lei nº 12.705/2012, que deu prazo de cinco anos para a inclusão de mulheres nos cursos preparatórios.

A presença feminina no Exército acontece há mais tempo, como informam os dados apresentados no site oficial da instituição. A lei, porém, garante que essas mulheres tenham melhores condições de conquistar seu espaço e construir suas carreiras.

Essa novidade fez tanto sucesso que o primeiro concurso para o ingresso na escola teve concorrência de 192 candidatas por vaga. Ao todo, a EsPCEx abriu 40 vagas para mulheres em uma turma composta, ainda, por 400 cadetes homens.

A importância do curso preparatório

Como mostra a relação do número de candidatas por vaga no concurso, a abertura da EsPCEx para mulheres criou um cenário de forte concorrência, similar à realidade já conhecida pelos homens que também buscam seu espaço no Exército Brasileiro.

Por isso, há quem opte por cursar um  Ensino Médio Militar, que direciona os três últimos anos da formação escolar para aprovação em um dos concursos mais difíceis do país que, além do exame de aptidão física e da inspeção da saúde, inclui um exame intelectual de alto nível e que demanda preparação específica.

Quem já concluiu ou cursa o Ensino Médio em instituições que não oferecem essa opção pode buscar, também, por um curso preparatório para a EsPCEx, como o curso do Elite, instituição com o maior número de aprovações nos últimos 15 anos.

Você sonha ou conhece alguma mulher que deseja estudar na EsPCEx? Compartilhe este post para que outras também conheçam o caminho para essa conquista!

Compartilhar:
  • VOLTAR

    FAÇA SEU COMENTÁRIO

    CATEGORIAS
    TAG
    RECENTES