Sisu: como escolher o curso
23 JAN 2019
agencia3

Sisu: como escolher o curso

Após a liberação do resultado do Enem, é hora de saber utilizar sua nota para alcançar o sonho de entrar em uma universidade. O Sisu, Sistema de Seleção Unificada, caracteriza o principal meio de entrada em boa parte das instituições públicas brasileiras através do desempenho no Enem*. Surgiu dúvida em alguma das etapas do Sisu? A gente te ajuda com isso!

*Atenção! Nem todas as faculdades utilizam o Sisu como forma de ingresso. Ainda há instituições que possuem vestibulares próprios ou que destinam apenas parte das suas vagas ao Sisu.

 

1. Como saber utilizar a primeira e segunda opções de forma a aumentar minhas chances de entrar na universidade?

Na etapa da inscrição, o candidato conta com a possibilidade de escolher duas opções. Escolher o mesmo curso, só que em instituições diferentes, não é a melhor atitude a ser feita. Isso porque o fato de ser o mesmo curso faz com que as notas de corte sejam semelhantes – apesar de cada instituição priorizar determinadas notas de um ramo específico do conhecimento.

O ideal seria escolher como primeira opção o curso de maior importância para você e escolher como segunda aquele curso que você considera como “plano b”. Pode ser algum na mesma área de atuação do primeiro, por exemplo.

Um ponto interessante que deve entrar em consideração na hora de escolher a primeira e segunda opções é que caso você não passe na primeira opção, o sistema automaticamente torna a segunda opção como única opção. Desse modo, é aconselhável que você escolha um curso em que você tenhas boas chances de passar como segunda opção e coloque um curso mais complicado como primeira. Desse modo, quando você escolhe um curso com muita probabilidade na primeira opção, acaba por desperdiçar a segunda chance.

Vale ressaltar que escolher um curso baseado meramente na nota de corte não é boa ideia. Aliás, há diversos fatores que influenciam na colocação: a mudança diária da nota de corte, os treineiros, a própria segunda opção e outros.

 

2.Falando nela, como funciona a nota de corte?

Primeiramente, a nota de corte não é sinônimo de aprovação. Ela é apenas um parâmetro que auxilia o estudante no monitoramento de sua inscrição. A nota de corte é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso por modalidade de concorrência. Ela é calculada ao longo do período de inscrição uma vez por dia e não em tempo real. Fique atento a ela para um parâmetro do quão longe ou perto está do curso, mas lembre-se: o último dia das inscrições é quando realmente passa a valer. Uma vez dentro da nota de corte, você é um potencialmente inscrito. Agora só precisa ficar de olho nas chamadas!

 

3.Como funcionam as ações afirmativas?

Todas as instituições participantes do Sisu têm vagas reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas, de acordo com a Lei de Cotas. Além da cota para estudantes de ensino público, há universidades participantes do Sisu que disponibilizam, ainda, uma parte de suas vagas para políticas afirmativas próprias. Desse modo, no momento da inscrição, o candidato pode se deparar com três modalidades de concorrência: vagas de ampla concorrência, vagas reservadas à Lei de Cotas e vagas destinadas às demais ações afirmativas da instituição. Com base nisso, o estudante deve, no momento da inscrição, escolher qual é a melhor opção que se encaixa no seu perfil. Vale ressaltar que ao participar das ações afirmativas, o candidato deve comprovar se cumpre os requisitos da política e, caso não os cumpra, pode ser penalizado legalmente.

Ao escolher a modalidade de concorrência, o candidato delimita o raio da sua concorrência. Por exemplo: um candidato que se encaixa na modalidade ampla concorrência não concorre com o estudante que está inserido na modalidade de Lei das Cotas.

 

4.E a lista de espera?

Após a convocação da chamada regular, o candidato que não foi selecionado em nenhuma das duas opções de curso pode participar da lista de espera para a primeira ou segunda opção de curso escolhida na inscrição. Para participar da lista de espera, o estudante deve entrar no site do Sisu (http://sisu.mec.gov.br/)  e demonstrar interesse no período especificado. A data para a participação da lista de espera desse ano vai de 28/01 a 4/02. A convocação dos aprovados na lista de espera cabe às instituições, e não ao Sisu. Assim, é importante que os candidatos acompanhem as convocações da lista de espera junto à instituição na qual tenha se inscrito.

Boa escolha de profissão e sucesso!

 

Compartilhar:
  • VOLTAR

    FAÇA SEU COMENTÁRIO

    CATEGORIAS
    TAG
    RECENTES