Educação financeira: por que é importante?

A todo momento, somos afetados por questões financeiras, seja nas compras do supermercado, seja na contagem do dinheiro para a passagem do transporte ou na escolha da melhor promoção de lanche da cantina.

Mesmo que em proporções menores, o dinheiro faz parte do cotidiano de crianças e adolescentes e, por isso, é fundamental que eles(as) sejam apresentados(as) ao conhecimento matemático-financeiro para que possam tomar decisões mais acertadas futuramente.

Por meio da educação financeira, os(as) jovens desenvolvem a noção de valor, preço e juros, contribuindo para um melhor planejamento, organização e controle de gastos.

Além do suporte familiar, com dicas e orientação em situações do dia a dia, a participação das escolas é fundamental para abordar esse tema. Em sala de aula, a aplicação de exercícios contextualizados que aproximem os(as) estudantes das situações apresentadas proporciona a clareza do conteúdo e facilita a compreensão.

Mais do que estudar o uso do dinheiro, a educação financeira visa à formação de jovens economicamente conscientes, capazes de refletir sobre a realidade econômico-financeira e atuar nesse cenário. Segundo o professor de matemática do Elite Gilberto Gil, “o conhecimento financeiro é um dos caminhos para que as pessoas consigam aproveitar, da melhor maneira possível, a renda proveniente de sua força de trabalho. E, no ambiente escolar, ele é riquíssimo de interdisciplinaridade com História, Geografia e
Matemática”.

Para ampliar o debate sobre o assunto, o Elite promoverá uma live no YouTube com o professor Gilberto, no dia 7 de julho, quinta-feira, às 19h30. A transmissão será aberta ao público e é uma excelente oportunidade para tirar todas as dúvidas sobre a aplicação da educação financeira nas escolas. Não perca!

Acompanhe todas as novidades nas redes sociais: @ensinoelite.

Escrito por:
Louise Delia


Posts relacionados: