Estimulando o pensamento crítico na infância

É possível ajudar seus filhos a desenvolver essa capacidade com algumas atitudes simples no cotidiano.

Em um mundo cada vez mais repleto de notícias e de redes sociais, desenvolver o pensamento crítico é ter a capacidade de avaliar e discernir as informações que recebemos. De fato, ensinar nossos filhos a ter esse tipo de raciocínio significa prepará-los para serem mais livres hoje e no futuro.

Estimular o pensamento crítico nas crianças é o caminho para aprimorar a capacidade de raciocinar, adquirir novos conhecimentos e, no futuro, ter o potencial de conseguir analisar diversos pontos de vista para construir um pensamento coerente. Então, como podemos ensinar as crianças a pensar criticamente?

Trouxemos algumas mudanças de rotina como sugestões para ajudar seus filhos a desenvolverem o pensamento crítico de forma leve e natural.

 

Ler histórias e comentar o entendimento
A leitura é uma forma mais do que comprovada de melhorar a concentração das crianças. Discutir o que foi lido é um passo seguinte que promove uma nova compreensão e ajuda a refletir sobre a história. Além disso, muitos enredos apresentam uma ideia moral central, um “ensino escondido” que os pequenos podem aprender a interpretar.

Montar quebra-cabeças

Você sabia que resolver um quebra-cabeça simples ensina raciocínio analítico? Esse tipo de atividade incentiva o pensamento estratégico e a capacidade de formar imagens mentais.

Brincar com jogos de pistas e enigmas
Resolver mistérios é muito divertido e pode ser ótimo para promover o pensamento e a lógica. Também é uma brincadeira que pode ser realizada em grupo, gerando uma oportunidade para desenvolver a colaboração em equipe.

Organizar o próprio tempo
Até uma dificuldade típica do cotidiano infantil pode ser encarada de forma lúdica. Por exemplo, como fazer se o pequeno tem uma festa de aniversário e uma competição esportiva no mesmo dia? Peça a ajuda da criança para avaliar as possibilidades de distância e deslocamento de forma que vocês, organizando juntos, possam chegar à melhor solução.

Todas essas atividades ajudam a desenvolver habilidades cognitivas e de raciocínio, pois, naturalmente, provocam a formulação de perguntas, busca das razões das coisas e o desenvolvimento de argumentos ou hipóteses. As bases do pensamento crítico podem começar assim e seguir evoluindo no curso do crescimento dos seus filhos.

Gostou das dicas? Então, acesse o blog Guia do Futuro! Lá você encontrará artigos tão legais quanto este 🙂

Escrito por:
Amanda Lira


Posts relacionados: